Medicamentos

Tipos de medicamentos:

São diversos os medicamentos que habitualmente mais se utilizam no tratamento destas doenças, mas podemos dividi-lo em grupos distintos, consoante os seus efeitos:

1-Medicamentos Sintomáticos: são aqueles que auxiliam no alívio da dor e dos sintomas de inflamação, porém não possuem capacidade de controlar a evolução da doença.

O uso de medicamentos sintomáticos não deve ser feito sem orientação médica, e nunca deve ser seguido por conta própria, sem a orientação profissional.

Os medicamentos sintomáticos podem ser  classificados em:

•Analgésicos: actuam diminuindo e controlando a dor, porém, não diminuíem processos inflamatórios.

Anti-inflamatórios Não Hormonais (AINEs): geralmente usados com outros medicamentos, actuam diminuindo a inflamação e também contribuem no alivio da dor. 

Glicocorticóides - Anti-inflamatórios Hormonais: têm alto poder anti-inflamatório, actuam diminuindo a inflamação e regulando o sistema imunológico. Os Glicocorticóides, conhecidos por "corticoides", são bastante úteis no inicio da doença, podendo ser usados também como medida no controle das crises/atividade da doença. Podem ser utilizados em associação com outros medicamentos. Os corticóides costumam ser prescritos em dose decrescente, ou seja, doses maiores quando doença ativa/crise, com progressiva diminuição da dose à medida que a doença for sendo estabilizada. 

 

2-Medicamentos modificadores do curso da doença ("DMARDs Sintéticos”)  :

São da classe dos imunossupressores, possuem alto poder anti-inflamatório, actuam principalmente procurando controlar a doença, modificando o seu curso natural, impedindo a sua progressão e buscando o controle do sistema imunológico. 

Os mais utilizados são: 

•Azatioprina

•Ciclofosfamida 

•Ciclosporina

•Hidroxicloroquina 

•Leflunomida 

•Metotrexato

•Sulfassalazina 

Estes medicamentos necessitam de monitorizarão médica contínua.

O doente que esteja a tomar qualquer um desses medicamentos não deve abandonar o tratamento, modificar a dose ou deixar de ir regularmente ao médico que o segue, de modo a  verificar/prevenir eventuais efeitos adversos. 

A monitorização da segurança, é realizada, entre outros aspectos, pelo controle da função hepática e renal, através de análises de sangue e urina, com uma freqüência periódica. 

 

2.1-Medicamentos  modificadores do curso da doença - Biológicos

Medicamentos Biológicos, são medicamentos inovadores que nos últimos 20 anos têm contribuido enormemente para uma melhor qualidade de vida das pessoas com alguns tipos de doenças reumáticas, nomeadamente nos casos em que a doença resiste á acção de outros DMARDs.

Usando a biotecnologia médica, os medicamentos biológicos têm como objetivo controlar a atividade da doença, buscando a sua remissão.

Os medicamentos conhecidos como agentes biológicos, ou simplesmente biológicos, são moléculas de natureza protéica produzidas com o auxílio da engenharia genética.

Os biológicos prescritos podem ser para administração por via subcutânea ou endovenosa.

Os Medicamentos biológicos subcutâneos são auto- aplicáveis, podendo o próprio doente (ou os pais ) aprender a fazer a aplicação, sozinhos ou com ajuda de algum familiar.As injecções são semelhantes às injecções de insulina, agulha de pequena calibre e com pequeno volume.
Os Medicamentos biológicos endovenosos, devem ser administrados em centros hospitalares próprios,  e de uma forma geral, são administrados em forma de soro, com gotejamento controlado e supervisão de um enfermeiro.
Todos os tipos de medicamentos biológicos devem ser transportados e armazenados em refrigeração, com temperatura entre 2º a 8º grau.
 

Todos estes medicamentos têm um potente efeito anti-inflamatório que  persiste enquanto eles são administrados.

 

 Imprimir 

medicamento2

Medicamentos